O novo Código de Trânsito sofre com a impunidade

A idealização de um bom código de trânsito sofre com a baixa fiscalização em relação aos motoristas infratores Lembro que há aproximadamente quinze anos estava em uma viagem aos Estados Unidos, quando em uma tarde modorrenta, chuvosa e sem maiores afazeres, resolvi comprar uma conhecida revista semanal brasileira onde li com regozijo que finalmente nossa Leia mais sobreO novo Código de Trânsito sofre com a impunidade[…]

Porque carros pagam impostos e bicicletas não?

Fui questionado: “Porque os ciclistas tem os mesmos direitos no trânsito se os motoristas pagam impostos e os ciclistas não?” Poderia inicar a justificativa falando a balela de que os ciclistas também pagam impostos mas, na real, quem não paga? A resposta para essa pergunta é muito mais profunda do que se imagina. O custo Leia mais sobrePorque carros pagam impostos e bicicletas não?[…]

Os crimes que eles cometem

Todos nós sabemos que o desrespeito à distância de segurança de 1,5m ao ultrapassar o ciclista é uma infração média com pena de multa, prevista no art. 201 do Código de Trânsito brasileiro. Felizmente, aos poucos os cidadãos não-ciclistas também estão tomando conhecimento desta previsão no CTB, apesar de que o respeito por parte dos Leia mais sobreOs crimes que eles cometem[…]

Por que o congestionamento é bom?

Kent Strumpell | Tradução: Claudio de Senna Frederico Texto publicado originalmente no Streetsblog LA e retirado da Associação Nacional de Transportes Públicos Em artigo traduzido por Claudio de Senna Frederico, o autor norte-americano Kent Strumpell discute as tentativas de melhorar o trânsito e os benefícios das ruas congestionadas. Lamentar os males do congestionamento tornou-se talvez a queixa mais Leia mais sobrePor que o congestionamento é bom?[…]

Não nos responsabilizamos por seu veículo ou por objetos deixados em seu interior?

Alguém conhece algum estacionamento, seja pago ou gratuito, que não tenha uma placa dizendo “Não nos responsabilizamos por seu veículo ou por objetos deixados em seu interior”. Eu desconheço. O problema com essas placas é que, no mínimo, levam os consumidores a erro e os enganam. Digo isso, pois já vi diversas pessoas que tiveram Leia mais sobreNão nos responsabilizamos por seu veículo ou por objetos deixados em seu interior?[…]